Inovação 19 | humus

ARTIGOS

Inovação/Tecnologia

Inteligência Artificial na Sala de Aula: A Busca Pela Melhor Experiência de Educação Para Cada Aluno

Temos, ao mesmo tempo, um grande desafio e uma grande oportunidade de pensar como a tecnologia pode contribuir mais e mais para melhorar o acesso e a qualidade da educação. Nós vivemos e atuamos em um país com dimensões continentais e que ainda tem muito a fazer para elevar os seus índices de escolaridade. Nessa jornada, o uso de Inteligência Artificial (IA) e learning analytics pode ser um grande aliado – e já se apresenta como realidade.

O ensino adaptativo é um exemplo de inovação de IA que tem recebido adesão crescente. Vemos essa realidade personalizando cada vez mais o ensino, tratando cada aluno de forma diferenciada, de acordo com sua velocidade e sua forma de aprender. Isso dá mais autonomia ao aluno, e o professor ganha um poderoso aliado didático. Com apoio da tecnologia, o educador pode se concentrar no mais importante, que é a orientação ao aluno.

Na Kroton, vemos inovações em educação todos os dias, com pleno potencial de implantação, no nosso andar destinado a vertical de educação no CUBO Itaú – o maior e mais relevante centro de empreendedorismo tecnológico da América Latina, em São Paulo (SP). Como parte do processo de transformação digital, que começamos ano passado, temos equipes conversando constantemente com startups muito promissoras. O objetivo é identificar e apoiar o desenvolvimento de empresas, cujas soluções enderecem as questões mais relevantes na educação brasileira.

Com otimismo, apostamos e acreditamos na crescente democratização tecnológica, diante das ainda pronunciadas disparidades no acesso à internet e a recursos escolares, como laboratório de informática. Para se ter um parâmetro dessa possibilidade de democratização, o ensino a distância era visto com reservas até poucos anos atrás, e hoje seus benefícios são amplamente reconhecidos.

Ultrapassando as fronteiras da sala de aula e proporcionando a cada aluno a experiência de aprendizado mais adequada ao seu perfil e suas necessidades, a tecnologia tem o potencial de ampliar não só o acesso à educação, mas também a sua efetividade. O grande desafio é encontrar caminhos para desenvolver esse potencial da melhor forma nas redes privada e pública, identificar o que funciona e o que não funciona em cada contexto, e ter a capacidade de realizar ajustes rapidamente, sempre mantendo o foco na qualidade da educação e no benefício aos alunos e professores.

Carlos Henrique Safini dos Reis é Vice-Presidente de Tecnologia e Transformação Digital da Kroton e foi moderador no GEduc – XVII Congresso Brasileiro de Gestão Educacional, que foi realizado pela HUMUS nos dias 27 a 29 de março de 2019.