ARTIGOS

Inovação/Tecnologia

O futuro do trabalho já chegou!

Daniel Salvador_edited.jpg

Recentemente concluí mais uma etapa da minha trajetória acadêmica, meu terceiro certificado de MBA. O programa em si, foi bastante enriquecedor, embora estamos diante de tanto conhecimento ao nosso alcance, que confesso, o maior aprendizado está nas interações e troca de experiências com outras pessoas. Mas o ponto mais crítico desta jornada, foi apresentar um projeto de conclusão de curso (o famoso e temido TCC), com uma temática de um dilema real da empresa que trabalho. Foram meses de levantamento de dados, reuniões, pesquisas, noites e noites de dedicação, até então chegar ao final de mais um TCC entregue e aprovado! Prometi para mim mesmo, que este seria o último, mas confesso que parar de estudar não está nos meus planos. Já estou planejando o que estudar.

Evidentemente, que por conta da ética, não posso compartilhar o projeto e as recomendações que eu fiz como parte das ações que solucionariam o dilema da empresa, mas no capítulo específico da discussão central do meu projeto, tive a oportunidade de estudar mais a fundo, o futuro do trabalho e as competências do futuro. Um dos documentos mais interessantes que eu encontrei foi o mais recente relatório publicado pelo Fórum Econômico Mundial, o qual eu recomendo fortemente a leitura, para qualquer pessoa. Se tiver interesse, basta entrar na webpage e fazer o download gratuito: https://www.weforum.org/reports/the-future-of-jobs-report-2018.

O relatório contém informações detalhadas e muito valiosas sobre o tema do futuro do trabalho. Resultado de uma extensa pesquisa com CHROs e CEOs do mundo todo, administrada por um período de nove meses (novembro de 2017 a julho de 2018), o relatório apresenta as grandes mudanças no mundo do trabalho, que já estão ocorrendo e outras que virão, no curto prazo, até 2022.  O relatório que contém 147 páginas, é uma fonte absolutamente rica de informações e dados que podem apoiar qualquer empresa e de qualquer segmento, a como planejar e definir sua estratégia de modo a estar efetivamente preparado para o futuro e às pessoas, conhecer o que nos espera no futuro próximo e se preparar para quando este tempo chegar.

Alguns achados importantes da pesquisa:

#1 – Até 2022, 75 milhões de vagas serão fechadas;

#2 – Até 2022, 133 milhões de vagas serão criadas, por consequência da revolução digital;

#3 – Até 2025, 52% das atividades profissionais serão realizadas por robôs, frente aos 29% de hoje.

O relatório também apresenta um cenário dos cargos que continuarão estáveis de 2018 a 2022, os novos cargos já criados ou que ainda não existem e os cargos que deixarão de existir até 2022. Cargos de operador de telemarketing; advogados; motoristas em geral; auditores e uma série de outros, tendem a diminuir ou até desaparecer, enquanto novos surgirão, tais como: cientistas de dados; especialistas de transformação digital; especialistas em cultura e pessoas; especialistas em robôs etc.

Também é possível encontrar quais são os skills, ou habilidades que são requeridas hoje para os cargos nas empresas, em geral, multinacionais de grande relevância no cenário global, as que são tendências para 2018-2022 e por fim, as que deixarão de existir até 2022. Algumas habilidades que ficarão obsoletas: coordenação e gestão do tempo; monitoramento e controle; atividades manuais que exigem precisão; controle de qualidade e outros. Do outro lado, novas habilidades serão requeridas, tais como: criatividade, originalidade e iniciativa; solução de problemas complexos; inteligência emocional; pensamento crítico e analítico dentre outras.

Analisando este material, e com base na minha experiência como gestor de recursos humanos, percebo que ainda existe um nível bastante grande de ceticismo em relação a este futuro, que convenhamos, em grande parte, já faz parte do presente, isso ocorre por conta de resistência, do medo da mudança e até de profissionais com uma visão mais conservadora ou ultrapassada. Também percebo que muitos que se declaram abertos para o novo, não necessariamente estão abertos e preparados para as mudanças.

Considerando tudo isso, e na intenção de poder contribuir de alguma forma para que profissionais tenham sucesso nas suas carreiras, evitem o comodismo e estejam preparados para o futuro, que já chegou, recomendo fortemente que:

#1 - Pare de questionar o futuro, ao invés disso, prepare-se. Eu estou preparado para quando ele chegar? Um exemplo muito simples disso e que um dia foi uma visão de futuro e hoje não é mais, foram as longas teses e discussões sobre a exigência do idioma (predominantemente o inglês) para o mercado de trabalho no Brasil, dado a globalização, entrada de novos players multinacionais etc., que se intensificou mais na década de 90. E infelizmente, até hoje, tenho conhecido excelentes candidatos para posições diversas, até mesmo para cargos executivos seniores, que não possui proficiência do idioma inglês.

#2 - Entenda no que o futuro irá impactar a sua vida e o seu trabalho. Um exemplo são os veículos autônomos, que já estão sendo testados, e que chegarão às ruas mais cedo ou mais tarde. Então, se hoje sua fonte de receita principal está atrelada a este tipo de profissão, comece a diversificar, para não depender exclusivamente desta fonte, ou melhor, amplie seu conhecimento sobre a mudança, porque seguramente novas habilidades e profissões irão surgir com a entrada de uma nova tecnologia. Seja o primeiro a estar preparado para ocupar esta posição.

#3 - Não pare de estudar! Regra número um para quem quer se manter conectado com o mundo. Minha avó dizia, que mente vazia é casa do diabo. Minha versão da frase da minha vó, para o contexto profissional, seria: Mente desatualizada é casa do fracasso. Atualmente, existe uma variedade imensa de cursos de atualização, formação e capacitação. Existe inclusive, muita coisa gratuita. Não pare de estudar!

#4 - Desenvolva novas habilidades. Faça isso por você! Dirija a sua vida para o futuro e não dependa da carona de alguém. Na minha vida em RH, sempre que alguém me questiona sobre plano de carreira, eu imediatamente respondo com uma pergunta: qual é o seu plano de carreira? As empresas oferecem oportunidades, a carreira é responsabilidade de cada um de nós!

Espero que este artigo tenha contribuído em algo na sua vida.

Dirija sua vida para o futuro! Ops! Para o AGORA.

Daniel Salvador é Founder & CEO da DC Consulting e estará no XIV Fórum de Gestão de Pessoas, que será realizado no dia 31 de março, das 14h às 18h, durante o GEduc 2022. Inscreva-se e inspire-se: https://www.geduc2022.com.br/inscricoes