News PNGE 13 | humus

O case vencedor divulgado nesta edição é da categoria Responsabilidade Social e foi classificado como Prata no segmento da Educação Superior! Veja abaixo como a FTT - Faculdade de Tecnologia Termomecanica se destacou no
Prêmio Nacional de Gestão Educacional - PNGE 2019.

 

Agende-se: as inscrições do PNGE 2020 estarão abertas em breve!

Não perca a oportunidade de destacar as práticas realizadas pela sua instituição!!!

1.1. Histórico da Prática Eficaz

Instituída em 2002, a Faculdade de Tecnologia Termomecanica - FTT, iniciou as atividades acadêmicas dos cursos superiores de tecnologia em 2003 e atualmente disponibiliza mais de 1.100 vagas em seus cursos de bacharelado em Administração, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação e Engenharia de Controle e Automação, contando com um ensino de alta qualidade e totalmente gratuito.

O projeto Arena Solidária foi criado em 2016 a partir do entendimento institucional de que a extensão universitária deve motivar uma interação entre a faculdade e a comunidade em que se insere, é uma espécie de ponte entre a instituição de ensino e os diversos setores da sociedade, e surgiu do interesse e da necessidade de compartilhar com a sociedade e com a comunidade local as possibilidades de aplicação decorrentes da pesquisa e do desenvolvimento científico. Funciona como uma via de mão dupla, em que a instituição de ensino leva conhecimentos e/ou assistência à comunidade, e recebe dela influxos positivos tais como suas reais necessidades, seus anseios, aspirações e também aprendendo com o saber desses grupos. Ocorre, na realidade, uma troca de conhecimentos, em que se aprende com a comunidade os valores e a cultura desse local. É por meio da extensão universitária que ocorre a difusão, a socialização e a democratização do conhecimento existente, bem como das novas descobertas à comunidade, além de propiciar a complementação da formação dos universitários com a aplicação prática dos conhecimentos adquiridos ao longo do percurso formativo.

 

1.2. Objetivos da Prática Eficaz

Entre os objetivos do projeto Arena Solidária, estão a capacitação e o desenvolvimento dos estudantes para o exercício da cidadania e a atitude empreendedora, compreendendo que o protagonismo juvenil é capaz de apresentar propostas e soluções para os mais variados dilemas da modernidade.

Este projeto visa colaborar de forma solidária e voluntária com instituições parceiras, como forma de promover a formação integral dos alunos por meio das práticas de uma cidadania ativa, tendo jovens e adultos como protagonistas do processo de transformação social.

Por meio de práticas de elaboração, implantação, monitoramento e avaliação de projetos sociais que resultem em benefícios para a comunidade, o projeto visa desenvolver a responsabilidade social, o altruísmo e o trabalho em equipe.

 

1.3. Público Alvo Atingido

O Arena Solidária é coordenado pelo orientador do projeto de extensão, o qual é responsável pela criação e organização dos comitês de alunos, que definem a temática dos projetos, elaboram os planos de ação e o cronograma de atividades a serem desenvolvidas.

As temáticas são definidas de acordo com as necessidades das instituições parceiras e com o conhecimento teórico adquirido pelos alunos da FTT ao longo da sua formação.

O envolvimento da faculdade se dá em todas as esferas, desde o auxílio na organização dos projetos, até a doação de recursos.

As ações desenvolvidas pelos alunos da FTT visam promover a transformação social das pessoas atendidas pelas instituições beneficiadas, as quais são selecionadas pelo comitê de alunos, de acordo com os seguintes critérios: causa social defendida, idoneidade e localização.

 

Para ler o case completo, clique aqui!

A Rede Alub de Educação também se destacou, obtendo o prêmio Prata no PNGE 2019, na categoria Gestão Administrativa e de Comunicação da Educação Básica.

 

Trilha de Aprendizagem para Formação de Educadores

1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL

1.1. Histórico da Prática Eficaz.

O programa surgiu da necessidade de fechar lacunas deixada pelas universidades quando se trata de formação de profissionais para a área de educação.

Percebemos que os profissionais não entendiam que a sua profissão, enquanto educador, deveria ir além da função designada na carteira de trabalho, pois é também uma função social, impactando diretamente o comportamento e escolha de seus clientes primários – os alunos. Além disso, questões inerentes as atribuições do seu contrato de trabalho não eram dominadas por mais de 70% dos colaboradores, como entender o processo de aprendizagem, dominar as modernas técnicas de ensino para alcançar essa nova geração e como avaliar de forma criativa e motivadora. E mais, como se relacionar com a comunidade escolar, ser empático, trabalhar de forma multidisciplinar e tantas outras demandas da educação do século XXI.

Focamos em elaborar uma trilha de aprendizagem lógica e contínua, realmente interessados na preparação, mesmo que leve alguns anos. Não gostaríamos de tratar as necessidades todas de uma só vez, tão pouco abordando o tema somente no início do ano letivo, pois assim já sabemos que não funciona. Queremos mesmo ensinar, capacitar, tornar o educador reflexivo de sua prática, com oportunidade de mudança e aprimoramento de um mesmo tema durante todo o ano letivo.

As ações tiveram início em fevereiro de 2017 e, agora, em janeiro de 2019 realizamos a primeira atividade do 3º ano de trilha de aprendizagem.

1.2. Objetivos da Prática Eficaz.

Promover formação continuada aos educadores da Rede Alub, por meio de trilha de aprendizagem, buscando excelência no processo de ensino e aprendizagem.

1.3. Público Alvo Atingido

1º. Professores (regentes, assistentes, auxiliares e estagiários)

2º. Diretores escolares

3º. Equipe técnica (coordenadores pedagógicos, orientadores educacionais, psicólogos escolares e secretárias escolares)

4º. Equipe administrativa (bedéis, monitores disciplinares, auxiliares administrativos e serviços gerais)

 

Para ler o case completo, clique aqui!